Ideia criada numa pequena conversa com os meus alunos, ao sabor de um amor entre 7 Luas e 7 Sóis, desaguada num desfile de amores impossíveis, paixões loucas, seduções inquietas, mergulhadas num oceano de uma língua sem fronteiras…
Terça-feira, 13 de Março de 2007
Luís Cardoso

" Tocou-me primeiro nos dedos, depois no braço, de seguida no peito, tirou-me a roupa toda, pôs-se em cima de mim, entrou no meu corpo suavemente, foi-se mexendo, mexendo-me por dentro, senti o rasgar da minha carne e um líquido espesso e quente escorrer-me por entre as pernas quando ouvi iniciar um grito de prazer no momento em que se derretia todo no meu corpo, passei as minhas mãos pelas costas dele tacteando em busca do intervalo entre as duas primeiras costelas, com uma mão retirei devagarinho dos meus cabelos o longo alfinete de ouro que a minha avó me oferecera no dia do meu casamento, espetei-lhe suavemente nas costas com receio de o magoar, ouvi-lhe soltar um outro grito ainda maior, provavelmente de dor, depois abraçou-me com toda a força que tinha, senti na minha mão o mesmo líquido quente que saíra do meu corpo e inundara o lençol, deixei de sentir o seu aperto e o coração batia ainda mas levemente. Tive uma vontade enorme de o ver ainda em vida. Tia Matilde tinha-me avisado que se eu tirasse a venda preta morreria. Com um gesto brusco retirei o pano preto dos meus olhos. Não consegui ver nada. Foram muitos anos de sombra. Pouco a pouco comecei a ver luzes do candelabro, levantei bem as velas, finalmente consegui ver os contornos do rosto dele, cada vez mais nítidos, ainda tinha os olhos completamente abertos como se estivesse à minha espera para os fechar. Padre Santa tinha dito que eu já tinha visto tudo. Não era verdade. Faltava-me ver os olhos dele. Depois disso não vi mais nada. Como se tivesse fechado os meus próprios olhos."

 

Olhos de coruja olhos de gato bravo



publicado por LCC às 21:53
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De Claudia 11ºH a 18 de Março de 2007 às 02:58
ta profundo sim sr. xD :P


De LCC a 18 de Março de 2007 às 12:05
Será que as mulheres são umas traidoras?


De tixa_martins_16@hotmail.com a 21 de Março de 2007 às 16:46
Eu acho que da mesma maneira como existem homens traidores também há mulheres traidoras mas falando por opinião propria acho que não se trai ninguem e muito menos um amigo!Eu propria sei k posso ter muitos defeitos mas uma coisa que me posso orgulhar é de ser fiel a todos sendo quem sejam!


Comentar post

mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


posts recentes

António Ramos Rosa

Maria Judite de Carvalho

Manuel Alegre

José Cardoso Pires

Eça Queiroz

José Saramago

Sophia de Mello Breyner A...

José Saramago

Martz Inura

Feliz Natal

José Saramago

Almeida Garrett

Florbela Espanca

Boas férias

Alexandre O’Neill

Carlos Drummond de Andrad...

Pedro Homem de Mello

Mário de Sá Carneiro

Florbela Espanca

Fernando Pessoa

João Aguiar

Eugénia Tabosa

Irene Lisboa

José de Almada Negreiros

José Ilídio Torres

Bocage

Eça de Queirós / Ramalho ...

Florbela Espanca

Eça de Queirós

Eça de Queirós

José de Almada Negreiros

Urbano Tavares Rodrigues

Almeida Garrett

Bocage

Inês Pedrosa

Natália Correia

Eça de Queirós

José Saramago

Luís de Sttau Monteiro

Vinicíus de Moraes

Vergílio Ferreira

António Lobo Antunes

Aquilino Ribeiro

José Saramago

Rodrigo Guedes de Carvalh...

Machado de Assis

José Saramago

Vergílio Ferreira

José Carlos Ary dos Santo...

António Gedeão

mais comentados
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
últ. comentários
Donzelas do ApocalipseSem pai, sem mãe, Sem leite ...
Mais uma vez o meu obrigado pela tua visita Inês, ...
Foi com o Evangelho que fiquei presa à escrita de ...
Obrigado Inês pela tua visita e pelo teu comentári...
Mais um texto que não conhecia.Numa cadência quase...
links
tags

todas as tags